quinta-feira, 31 de março de 2016

O sonho de Laurinho

Assunto tratado: Espírito (existência e sobrevivência)

Laurinho tinha apenas oito anos, mas era muito vivo e inteligente.

Certo dia, na escola, ele ouviu a professora falar sobre a existência da “alma” explicando que ela é imortal e, por isso, já existia antes desta vida e continuaria existindo após a morte do corpo. Para finalizar, a professora, que era espírita, completou:

— O sono é um estado muito parecido ao da morte, porque o espírito se desprende do corpo e vai para onde quiser. A diferença é que, do sono, acordamos todas as manhãs; e, quando ocorre a morte do corpo material, o espírito não volta mais a habitar aquele corpo de carne.


quarta-feira, 30 de março de 2016

Forgetting the Past

Orson Peter Carrara

(reproduced from The Spiritist Information Service, March/April 2003 - # 39 and dowloaded from the website of The Spiritist Society of Baltimore with the kind permission from the author)

If we are all reincarnated, why don’t we remember our past existences? This remains an intriguing question, one that casts long doubts for many people. 

Forgetfulness of our past, —that is, our previous lives— indicates God’s wisdom.
Remembrances of episodes occurred in past lives would bring many inconveniences, not the least of them the following: a) a great humiliation due to unpleasant memories of our many moral missteps, especially if it involved third parties; b) the exaltation of our pride and self-importance due to high positions we might have occupied; c) damage to our social relations because by remembering our actions, we would certainly also remember actions of our path towards bliss and progress; and e) hate and vengeance that could undermine relationships and incite new aggravations.

terça-feira, 29 de março de 2016

Aprendendo com a natureza

Assunto tratado: Família


Laurinha, menina boa e amorosa, ouviu uma palestra na escola dizendo que trabalhar é para pessoas adultas, e que crianças tinham apenas que estudar e brincar.

Assim, quando a mãe lhe pedia para fazer alguma coisa, alegava que precisava estudar, que os amigos estavam esperando para brincar, ver televisão, ou, simplesmente, que estava cansada.

Certo dia, vendo Laurinha sem fazer nada, sentada a soleira da porta da cozinha, a mãe pediu:

–  Minha filha, enxugue a louça para mim, sim?

A resposta veio rápida:

– Não posso, mamãe, estou descansando.

segunda-feira, 28 de março de 2016

LA STORIA DI UN EROE


Padre, perché il mio nome è Paolo? ­ chiese un giorno un bambino a suo padre.

Il padre levò gli occhi dal giornale e rispose:

Tu hai ricevuto questo nome in omaggio a un grande eroe.
Sul serio? ! Parlami di lui, per favore!

Molto tempo fa, non era facile essere un cristiano, poiché poteva portare in prigione. Paolo di Tarso fu un grande persecutore dei seguaci di Gesù!

quarta-feira, 23 de março de 2016

Aula n° 8 - Monarcas do tempo de Jesus e Jesus (Juventude)

Aula n° 8 CEC - SERF           Data: 05 e 06/04/2014
Tema: Monarcas do tempo de Jesus e Jesus

Atividade de Integração


Falar para o grupo se juntar em um grupão, definir a direita como SIM e a esquerda como NÃO, e dar algumas situações para eles de coisas que podemos ter medo.

1 – Cobra; 2 – Leão; 3 – Barata; 4 – Aranha; 5 – Pessoas poderosas.

Compartilhar: Por que temos medo de algo que parece mais “poderoso”? Quem temeu Jesus? Por que? Falar para os jovens que nosso orgulho e egoísmo buscam sempre nos impulsionar para o topo, por isso temos medo de algo que possa nos destituir do nosso posto! Assim como os monarcas tiveram medo de Jesus.

Sugestão para aplicação do conteúdo doutrinário 

1o. Momento:
Gincana maluca. Todos os jovens são responsáveis por todas as atividades que estão descritas no Anexo 1.

2o. Momento:
Apresentação e correção.
Anexo 1- Respostas

domingo, 20 de março de 2016

¿Qué es el acoso escolar o bullying?


Los estudios nos indican que aproximadamente uno de cada tres adolescentes se ve involucrado, como agresor o como víctima, en situaciones de abuso, cercanas al maltrato. Por lo tanto, en la mayoría de los casos, la intervención será preventiva, por lo que conviene estar alerta sea cual sea la edad de nuestro hijo.
Es a partir de la pre-adolescencia (10 años) y sobre todo hasta los 16 años, cuando las relaciones de
nuestros hijos con sus amigos y compañeros se nutre de unos profundos cambios e incertidumbres que pueden provocar maltratos reiterados entre ellos.

quinta-feira, 17 de março de 2016

TEATRO: EL CAMINO DE LA FELICIDAD


ESCENARIO: Dos capullos prendidos en un árbol y tres mariposas revoloteando. Los niños pueden estar vestidos de flores adornando el escenario.

NARRADOR: Vosotros, ¿ Habéis mirado alguna vez al cielo sintiendo unas ganas enormes de alcanzarlo y poderlo tocar? ¿Te has parado a pensar de dónde hemos venido, porqué estamos aquí reunidos en este momento y para dónde iremos cuando dejemos esta vida?
Vinimos del infinito y para allá tendremos que regresar algún día. Somos ciudadanos del Cielo y turistas en la Tierra. Estamos aquí, en esta existencia, con la seguridad de que in día regresaremos a nuestro verdadero Hogar.

Pero que ese regreso sea leve, pleno suave, precisamos estar fortalecidos, maduros… y para que podamos alcanzar los grandes vuelos la vida es un trabajo constante de elaboración y las enseñanzas de Jesús la herramienta fundamental para la conquista de la felicidad.

sábado, 12 de março de 2016

Dinâmica quebra-gelo

Material:

1 balão por participante, 1 folha p/ anotações, 1 lápis, 1 fita adesiva, sala grande, (balões coloridos,

sendo dois de cada cor.)

sábado, 5 de março de 2016

¿QUIEN ERA CHICO XAVIER?


Francisco Cándido Xavier, nació el 2 de abril de 1910 en Pedro Leopoldo. Un pueblito del estado Minas Gerais -Brasil-. Hijo de un modesto vendedor de billetes de lotería, que enviuda, cuando Chico tenía solo 5 años. Reparte a sus nueve hijos entre parientes y amigos. El pequeño Chico es adoptado por una prima lejana y ferviente católica.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Livres recommandés II

Ce livre est destiné aux jeunes enfants.
Tout en racontant l’histoire d’une « âme » venant d’une autre planète vivre sur Terre, l’auteure explique aux jeunes lecteurs la descente en
incarnation, la naissance, l’amour de la famille…
Elle va aussi les confronter à la mort et leur expliquer que c’est un passage comme la naissance mais en sens inverse. 
C’est une belle histoire mais surtout c’est
l’Histoire de la Vie.