domingo, 29 de junho de 2014

Plano de Aula: Dupla Vista / A Entrada de Jesus em Jerusalém

Tema: Dupla Vista / A Entrada de Jesus em Jerusalém
Unidade: Jesus
Dij.CEEAK

1) Boas vindas / música / Prece inicial (5')
Música: "Preparação para a prece" (Grupo Bem)


Letra da Música:

Preparação para a prece”
(Grupo Bem)

Vamos conversar com Jesus agora
Vamos sentir seu amor nessa hora
Nos envolver neste instante de paz
Obrigado Jesus

Vamos conversar com Jesus agora
Vamos sentir seu amor nessa hora
Nos envolver neste instante de paz
Obrigado Jesus

Lá, lalaiá, láláiá lalaiá... 2x.


2)  Introdução (15')
Em uma caixa colocaremos vários objetos ( pente – lápis – tesoura - chave). Pedir para o evangelizando fechar os olhos e tentar descobrir o que é, apalpando cuidadosamente.
Neste caso foi usado o TATO em vez da VISÃO e mesmo assim conseguiram reconhecer alguns objetos.
Dizer: Vamos ver através desta história, como se pode ver de outra maneira!

3) Contar a história: A ENTRADA DE JESUS EM JERUSALÉM  (10'):


Jesus estava num lugar chamado Betfagé, perto do Monte das Oliveiras. 

Pediu a dois discípulos que fossem à uma aldeia próxima e trouxessem uma jumenta e um jumentinho, que estariam amarrados. E se alguém perguntasse alguma coisa, deveriam responder: 
-" O Senhor precisa deles". 

E assim o fizeram. 
Cobriram a jumenta com suas vestes e o fizeram montar. 
Este fato, já havia sito previsto muito tempo antes da vinda de Jesus pelo profeta Zacarias que assim escreveu: 

“ Eis o teu rei, que vem a ti, cheio de doçura, montado numa jumenta e com um jumentinho da que está sob seu jugo”. 
(Zacarias cap IX, v. 9 e 10)



4)  Como Jesus poderia saber da jumenta e do jumentinho, se estava tão longe dos animais?
Explicar:
Jesus possuía um poder chamado "Dupla vista", que possibilita enxergar longe ou onde ninguém consegue ver, também chamado de CLARIVIDÊNCIA.

JESUS:
"Lia" o pensamento
"Sabia" onde estava a doença.
Ele "via" os peixes no mar.

O poder de Jesus vinha de sua perfeição e bondade.

Assim como Jesus, há pessoas com Dupla Vista. Umas usam essa capacidade para ajudar as pessoas gratuitamente. Há outras que finge usá-la porque têm más intenções, ou enganam para ganhar dinheiro. É preciso ter cuidado para não ser confundido por charlatães.

DUPLA VISTA – significa enxergar com os olhos da alma. A alma é nosso espírito encarnado, enxerga coisas que os nossos olhos físicos não podem ver, como por exemplo, os médiuns videntes, que vêem Espíritos.

DUPLA VISTA – significa que eles podem ver com os olhos do corpo físico e também com os olhos da alma, por isso é dupla, ou seja, podem enxergar de duas maneiras.

Jesus podia ver coisas, animais e pessoas que estavam longe, o tipo de doença que possuíam as pessoas que lhe pediam ajuda, podia ler pensamentos e até adivinhar coisas que iriam acontecer. Isso tudo por ser um espírito evoluído. Certas pessoas possuem esse "dom" e utilizam-se deste para ganhar dinheiro, com adivinhações, como cartomantes, videntes, ciganos, estes não são exatamente espíritos evoluídos. Nós sabemos que os dons que Deus nos deu são para ajudar nosso próximo, não é correto cobrar para fazermos uso deles, isso demonstra que estas pessoas ainda não sabem utilizar o dom recebido de Deus, sendo assim ainda não são evoluídos.

5)  Contar a história: “ EM DOBRO” (com ajuda de fantoches de papel) (15')

- Acesse a página da história "Em dobro"  >>

- Para ver os modelos de fantoches desta história, clique aqui --->>


6) Atividade de Colorir, recortar e colar




7)  Prece final (5')



Fonte: Livro Brincando e Aprendendo Espiritismo, v. 3, cap. 15, FEESP
uniaoinfantil.blogspot.ch/2010/07/dupla-vista-prece-inicial-em-uma-caixa.html
Aula adaptada p/A. Länzlinger - Dij.CEEAK


<< Home     << arquivos-Português